0

Disputas sobre o teto do preço do petróleo russo

Os preços do petróleo subiram na Ásia na sexta-feira, apesar da baixa liquidez do mercado. Isso ocorreu após uma semana caracterizada por preocupações com a demanda chinesa e negociações sobre um teto de preço ocidental para o petróleo russo.

Com esse cenário, o preço dos contratos futuros de petróleo Brent aumentou 28 centavos, ou 0,33%, para US$ 85,62 o barril. Já os contratos futuros de petróleo dos EUA West Texas Intermediate (WTI) subiram 49 centavos, ou 0,49% desde o fechamento de quarta-feira em US$ 78,43 o barril. Vale notar que devido ao Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos, não houve liquidação do WTI na quinta-feira.

Apesar de diminuir as preocupações com a escassez de suprimentos, ambos os contratos ainda caminhavam para uma queda de aproximadamente 2%,  a terceira semana consecutiva. 

Além disso, autoridades do G7 e da União Européia têm debatido uma restrição aos preços do petróleo russo. Até o momento, o valor se encontra entre US$ 65 e US$ 70 o barril para evitar qualquer interrupção nos mercados mundiais de petróleo.

No entanto, a possibilidade de retaliação de Moscou é diminuída, pois o mercado pensa em limites de preços altos. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou que Moscou deixará de fornecer petróleo e gás a todas as nações que apoiarem o teto de preços. O Kremlin reafirmou esta posição na quinta-feira. 

Prevê-se que as negociações permaneçam cautelosas antes de um acordo sobre o teto de preços. A tratativa está programada para entrar em vigor em 5 de dezembro,  quando uma proibição da União Europeia (UE) ao petróleo russo entrar em vigor, e antes da próxima cúpula da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e Aliados (OPEP +) em 4 de dezembro.

Preços do petróleo: o que vem a seguir?

O maior importador de petróleo do mundo, a China, está experimentando um aumento nos casos de COVID-19. Consequentemente, isso está impactando na demanda de combustível, conforme evidenciado pelas quedas no tráfego e na demanda implícita de petróleo que está 1 milhão de barris por dia abaixo da média de 13 milhões de barris por dia. 

Além disso, a China continuou, na sexta-feira, a impor restrições de mobilidade e outras restrições em todo o país, em um esforço para conter surtos.

Importante frisar que a substituição do petróleo russo será desafiadora, mas viável a um custo maior. Observe que, embora o Canadá esteja em quarto lugar na lista, ele tem reservas de petróleo muito maiores do que a Rússia. Então, se o governo permitisse construir alguns oleodutos para a costa leste, o Canadá poderia exportá-lo para a UE. 

No entanto, o governo foi persuadido por trolls russos e sauditas de que isso seria ruim e contribuiria para o aquecimento global.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)


você pode gostar também

Leave a Reply

User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending