alexa certify
0

As commodities leves e as relações internacionais

As relações internacionais sempre desempenharam um papel importante durante a história. Não é surpreendente que os países estejam tentando usar suas influências para ganhar vantage quanto se trata de negócios e investimentos.

A Guerra comercial entre os EUA e a China é um exemplo excelente de como as maiores economias do mundo estão tentando dominar a economia mundial. Nesta situação é importante encontrar parceiros confiáveis. É exatamente isto que o presidente dos EUA, Donald Trump, está procurando uma vez que ele precisa de parceiros estratégicos para ajudá-lo em sua Guerra comercial.

É muito cedo para dizer se Trump irá assegurar seu Segundo mandato no governo, mas ele está tentando fazer isto acontecer. O novo acordo comercial com o Japão é uma boa notícia para Trump uma vez que os agricultores dos EUA sofreram devido à Guerra comercial. O governo de Trump deverá reassegurar que os agricultores ao redor do país possam resolver seus problemas. Entretanto, há problemas como o preço da soja, etc…

A soja e o setor agrícola

Os produtos agrícolas dos EUA exportados para a China costumavam gerar uma enorme soma em dinheiro. Entretanto, a Guerra comercial alterou os planos das companhias e agricultores dos EUA. Eles tiveram que chegar com um novo plano para estabilizar o setor agrícola. Entretanto, conforme mencionado acima a Guerra comercial não é o seu único grande problema.

Outro problema no momento é preço da soja. O preço desta commodity leve não é o que os agricultores locais precisam para gerar lucro ao vendes este produto. É importante mencionar que o preço da soja não aumentou embora a produção de soja vá aumentar este ano.

De acordo com a mais recente Estimativa de Demanda e Oferta da Agricultura Mundial (WASDE, na sigla em inglês), a produção de soja irá diminuir em 165 milhões. O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) divulgou seu relatório em 12 de Agosto. A área cultivada também vai diminuir 3,4 milhões de acres para 75,9 milhões de acres. Os dados mencionados acima aplica-se à Ohio e Dakota do Sul. De acordo com o relatório dos acres estes dois estados são os com piores resultados.

O relatório de WASDE tratou de outra questão, que é as exportações de soja dos EUA. De acordo com este relatório as exportações de soja diminuíram em 100 milhões de alqueires. Isto significa que as exportações caíram 1,78 bilhões.

Acordo comercial EUA-Japão

Nesta situação, aumentar as vendas é a prioridade número um para o setor agrícola dos EUA. A cúpula do G-7 na França poderá ser definida como de sucesso para os agricultores. Os dois membros do G-7, EUA e Japão, chegaram a um acordo em relação às tarifas agrícolas e industriais.

Embora eles não tenham dado sinais de um acordo comercial, ambos os lados estão prontos para assinar este document. De acordo com este acordo, o Japão irá reduzir as tarifas impostas sobre a carne dos EUA. Outra boa notícia é que o Japão irá aumentar a importação da carne de porco dos EUA.

O Representante Comercial dos EUA, Robert Lighthizer, declarou que graças a este novo acordo, as companhias dos EUA terão acesso a este Mercado lucrative. Os Produtores de soja ganharão também com este acordo comercial. Atualmente, o Japão é um dos maiores mercados exportadores para a soja dos EUA. Este acordo ajudará a tornar os produtos dos EUA mais lucrativos para as companhias do Japão.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.



você pode gostar também

Leave a Reply

User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending

Financebrokerage