alexa certify
0

IPC fraco dos EUA e mercado de trabalho se mantém forte

Em setembro, o índice de preço ao consumidor (IPC) não mudou muito nos Estados Unidos.

Além disso, a inflação subjacente retraiu-se e apoiou as expectativas de outro corte na taxa do Federal Reserve Bank.

Se o banco central impor outro corte nas taxas principais, será a terceira vez neste ano.

Os cortes nas taxas ajudam os bancos centrais a combaterem as ameaças à economia. No momento, os riscos vêm principalmente das tensões comerciais entre os EUA e China.

Por outro lado, o mercado de trabalho ainda está ativo. Mas o Fed poderá enfrentar desafios uma vez que as autoridades estão de acordo sobre o que fazer a seguir com a economia instável.

Os dados da semana passada mostraram que as reivindicações iniciais por seguro-desemprego também diminuíram. A taxa está perto de uma mínima de 50 anos, em 3,5%.

E ainda, os dados gerais mostraram que as empresas não estão contratando mais trabalhadores devido à desaceleração da economia.

Dados do IPC sugerem expansão sob ameaça

O desenvolvimento econômico dos EUA está em seu 11º ano. Entretanto, enfrenta ameaças da guerra comercial com a China.

As incertezas no exterior ameaçam prejudicar também a economia. Um exemplo disto é o temor de um Brexit duro. O Reino Unido está enfrentando pressão à medida que tenta sair da União Europeia sem um acordo.

 

Corte nas taxas do Federal Reserve Bank é bem provável

Muitos analistas estão esperando agora o Federal Reserve cortar novamente as taxas de juros neste mês.

Para combater o crescimento desacelerado, o Fed aprovou recentemente a flexibilização das restrições dos bancos que entraram em vigor após a crise financeira de 2008.

A regras irão implementar legislação para afrouxar as restrições, particularmente em menores bancos de comunidade. Tais bancos enfrentaram restrições com a Lei Dodd-Frank de 2010.

Para ser específico, o afrouxamento das leis significa afrouxar políticas nos padrões de capital e liquidez.

Além disso, as políticas expansionistas estão prontas para o Fed. Ele afirmou que estaria aberto a cortar taxas pela terceira vez se as condições econômicas justificassem.

 

Números Econômicos

Quanto aos números, em agosto o índice dos gastos de consumo pessoal (GCP) subiu 1,8% em   uma base anual. Entretanto, esteve bem distante da meta para este ano.

Enquanto isto, os preços de energia escorregaram 1,4% após diminuir em 1,9% no mês anterior. O preço do gás caiu 2,4% após perder 3,5% em agosto. Ao mesmo tempo, os preços dos alimentos subiram 0,1% após não ter mudado muito nos três meses anteriores.

Os preços de produtos de higiene ganharam 0,2% em setembro após aumentar 0,7% em agosto.

Além disso, os preços de vestuário perderam 0,4% após ganharem 0,2% no mês passado.

Os preços de veículos e caminhões usados ​​caíram 1,6% em setembro, após três meses de aumentos. Quanto aos veículos automotores novos, os preços caíram 0,1%.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.



você pode gostar também

Leave a Reply

User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending

Financebrokerage