alexa certify
0

Inflação pode disparar para um pico de 28 anos em maio. 

A inflação subiu durante a primavera, preocupando economistas e investidores. Igualmente, analistas esperam que novos relatórios mostrem que ela atingiu níveis históricos em maio. De acordo com o Dow Jones, a previsão de consenso para o índice básico de preços ao consumidor é de 3,5% na comparação anual. O cálculo exclui comida e energia. Ainda assim, continua sendo o ritmo anual mais rápido dos últimos 28 anos. 

Ainda mais, analistas também estimam que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) e o Núcleo do IPC aumentaram 0,5% em maio. Assim, eles esperam que o relatório do IPC mostre um salto de 4,7% ano a ano. Como resultado, seria a taxa mais alta desde que os preços da energia impulsionaram as leituras de inflação no outono de 2008. 

Por sua vez, Diane Swonk, economista-chefe da Grant Thornton, afirmou que a inflação seria altainclusive maior em 5%. Além disso, o pior do calor provavelmente será no segundo trimestre em termos de manchetes. Ela acha que ainda vai ser um verão quente, com preços de tudo em alta. 

Investidores estão esperando o relatório do IPC de maio hoje. Enquanto isso, eles debatem se o período de alta dos preços é transitório, como o Fed acredita, ou persistente e generalizado. No último caso, o Banco Central pode ser forçado a recuar em suas políticas acomodatícias. No entanto, isso teria alguns resultados negativos considerando que o auxílio de estímulo aumentou a liquidez. Bem como ajudou a manter as taxas de juros baixas e forneceu combustível para os ganhos do mercado de ações. 

 

Expectativa dos analistas para a inflação nos próximos dias  

Podemos ver um salto de 0,6% no Núcleo do IPC de maio – afirmou Mark Zandi, economista-chefe da Moody’s Analytics. Ademaisele acrescentou que a taxa de crescimento ano a ano pode ser 3,65%. Não atingiu uma taxa tão alta desde julho de 1992. 

Além disso, o Núcleo do IPC saltou acima da expectativa consensual de 3,5% em fevereiro de 1993. Swonk acredita que a inflação pode chegar a 4,9% ano a ano. Em abril, o núcleo da inflação foi de 3% ano a ano, nível que tem alcançado ocasionalmente nas últimas duas décadas. 

  • Support
  • Platform
  • Spread