alexa certify
0

Falta de oferta de carvão resulta em preço recorde na China

Fortes chuvas atingiram a província de Shanxi, na China. Em julho, também aconteceram inundações na região de mineração de Henan, a maior província e grande produtora de carvão. 

As enchentes atrapalham os esforços da China de aumentar o combustível para aliviar a crise energética que se agrava no país. De acordo com as autoridades locais, pelo menos 15 pessoas morreram devido às enchentes. Elas atingiram mais de 1,76 milhão de pessoas na província. Esta semana, chuvas torrenciais na província do norte causaram desabamentos de casas e deslizamentos de terra em mais de 70 distritos e cidades. 

O aumento nos preços do carvão no país está começando a esfriar. Isso ocorre à medida que os principais centros de produção se recuperam dos danos causados ​​pelas enchentes. Indicando uma trégua na crise de energia do país. 

A maioria das minas de carvão em Shanxi fechou devido às fortes chuvas. Enquanto isso, a produção no centro vizinho de Shaanxi está se recuperando. Segundo pesquisadores do CCI, a produção diária em Ordos, na Mongólia Interior, atingiu nos últimos dias, seu nível mais alto este ano.

Os futuros do carvão na Bolsa de Commodities de Zhengzhou reverteram os ganhos na quarta-feira. Logo após subir mais de 9% para uma nova alta intradiária de 1.640 yuans (US$254,30) por tonelada no início do dia. 

Durante o intervalo de negociação, o contrato mais ativo ganhou cerca de 20% nas duas sessões anteriores. Portanto, estava sendo negociado 5% mais alto.

Escassez de carvão na China 

A escassez de carvão na China pode diminuir durante o mês de outubro. Porém, o país precisa de mais abastecimento para dezembro e janeiro, quando a temperatura será mais fria. 

As minas locais prometeram aumentar a produção e as importações de fornecedores.

Essa falta de carvão, combinada com os altos preços da commodity e de gás natural, iniciou uma crise na energia. Isso resultou em quedas de energia em fábricas e unidades industriais em todo o país. Mais da metade do abastecimento mundial é extraído e queimado na China. Sendo assim, o combustível é responsável por mais de 60% da geração de energia do país. 

Mesmo com o início da produção da mina, o consumo de energia da China aumentará. Isso ocorrerá à medida que se aproxima do inverno. 

Segundo a UBS Group AG os setores de uso intensivo de energia, como siderurgia e fabricação de produtos químicos, podem continuar em declínio pelo resto do ano.

O primeiro-ministro, Li Keqiang, disse que a China pretende aumentar as importações de carvão da Mongólia. Tal informação foi passada durante uma reunião por vídeo com o primeiro-ministro da Mongólia, Oyun-Erdene Luvsannamsrai, na terça-feira.

 

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.



você pode gostar também

Leave a Reply

User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending

Financebrokerage