alexa certify
0

Conselho de Mineração de Bitcoin visa maior sustentabilidade

A mineração de Bitcoin e seu impacto continuam sendo um dos tópicos mais debatidos em todo o mundo. É quase impossível bani-la, já que o Bitcoin é uma commodity  sintética descentralizada que é muito resistente à regulamentação. Em vez de banir a maior criptomoeda do mundo devido ao seu consumo de energia, os legisladores devem criar redes mais verdes para a mineração de Bitcoins.

Nesse sentido, as mineradoras de criptomoedas norte-americanas são mais limpas do que muitos outros consumidores industriais de eletricidade. A indústria de mineração de Bitcoin do continente parece ir rumo a uma maior sustentabilidade ambiental.

Isso foi o resultado de uma reunião bem-sucedida entre vários líderes empresariais famosos. Entre eles, o CEO da Tesla, Elon Musk, e o CEO da MicroStrategy, Michael Saylor, como mediador. Assim, após negociações de alto nível, criou-se o Conselho de Mineração de Bitcoin.

O conselho é composto por vários líderes da indústria, incluindo Argos Blockchain, Galaxy Digital e Hive Blockchain. Além do mais, Hut 8 Mining, Marathon Digital e Riot Blockchain também se juntaram ao conselho.

Todas as empresas mencionadas acima concordaram em promover a transparência no uso de energia. Eles também querem acelerar as iniciativas de sustentabilidade em todo o mundo. Michael Saylor indicou que o novo grupo da indústria visa amplas metas ambientais, sociais e de governança corporativa em relação à mineração de Bitcoin. Eles se comprometeram a publicar um plano para o uso renovável de energia.

 

Decisões da Tesla e a China afetam o Bitcoin

Há apenas alguns meses, o anúncio da Tesla de que aceitaria Bitcoin como pagamento agradou a muitos apoiadores da criptomoeda. Porém, pouco tempo depois, a montadora decidiu parar de aceitar Bitcoin devido ao impacto ambiental. Isso afetou o preço do BTC, que caiu 54%, mas conseguiu se recuperar nos dias seguintes. Depois desses acontecimentos, a comunidade cripto criticou Elon Musk devido à sua posição em relação ao Bitcoin.

Os equívocos sobre a mineração de Bitcoins e seu impacto no meio ambiente não são novidade. Assim, a Tesla não foi o único problema para a moeda digital, já que a China também tomou decisões que a afetaram. Por conta disso, vários grandes mineradores de bitcoins decidiram encerrar as operações na China. Um deles é a BTC.TOP, que decidiu transferir suas operações para a América do Norte.

Por sua vez, a filial da exchange de criptomoedas Huobi, Huobi Mall, tomou uma decisão semelhante. Ela anunciou que não venderia mais plataformas de mineração de criptomoedas na China. Ainda mais, a filial informou que suspenderia suas operações de mineração no país.

Três principais associações de negociação da China divulgaram alertas contra criptomoedas na semana passada. No comunicado, as associações delinearam quatro problemas relacionados às criptomoedas. Finalmente, elas alertaram instituições financeiras e outras organizações membros a não se envolverem em transações de negociação com criptomoedas.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.



você pode gostar também

Leave a Reply

Financebrokerage