alexa certify
0

A Huawei analisa relação com a Fedex após pacotes ‘extraviados’

Huawei: A Huawei, fabricante de equipamentos de telecomunicações da China, está analisando seu relacionamento com a FedEx Corp (NYSE: FDX). A análise veio após alegar que a empresa americana de entrega de encomendas, sem uma explicação detalhada, extraviou dois pacotes destinados ao endereço da Huawei na Ásia para os EUA e tentou redirecionar outros dois.

Todos foram sem autorização, a Huawei forneceu imagens de registros de rastreamento da FedEx. A FedEx se recusou a comentar, dizendo que a política da empresa impede que ela divulgue informações de clientes. A Huawei se negou a explicar por que achava que os pacotes foram extraviados.

No entanto, a porta-voz da FedEx, Maury Donahue, afirmou que os pacotes foram “extraviados por engano” e que a FedEx não foi solicitada a desviá-los para qualquer outro lugar.

“Este é um caso isolado, limitado a um pequeno número de pacotes”, disse a FedEx, se referindo às quatro encomendas afetadas. “Estamos cientes de todas as remessas em questão e estamos trabalhando diretamente com nossos clientes para devolver os pacotes à sua posse”.

O Departamento de Comércio dos EUA não respondeu a um pedido para comentar se o incidente poderia estar relacionado à sua medida em 16 de maio para adicionar a Huawei à chamada “Entity List”, impedindo que ela compre certos itens de empresas americanas sem a aprovação do governo dos EUA.

A Huawei informou que apresentou uma queixa formal ao regulador postal da China, que está investigando o incidente. Os Correios do Estado da China não retornaram uma solicitação para comentarem.

Os EUA dizem que a Huawei, a maior fabricante de equipamentos para redes de telecomunicações do mundo – criando a próxima geração de redes sem fio conhecidas como 5G – é uma ameaça potencial à segurança nacional por causa de seus laços estreitos com o governo chinês.

 

A Huawei negou reiteradamente que o governo, os militares ou os serviços de inteligência chineses a controlem.

Fundador da Huawei diz que se oporia à retaliação chinesa contra a Apple

Ren Zhengfei, fundador e executivo-chefe da Huawei, disse à Bloomberg que a retaliação de Pequim contra a Apple (NASDAQ: AAPL) é improvável. Ele afirmou que se oporia a qualquer movimento da China contra a fabricante do iPhone.

Quando perguntado sobre as demandas de alguns chineses para retaliar a Apple, Ren disse que iria “protestar” contra qualquer medida desse tipo se ela fosse tomada por Pequim.

“Primeiro, isso (a retaliação chinesa contra a Apple) não acontecerá, e, segundo, se isso acontecer, serei o primeiro a protestar”, disse Ren em entrevista à Bloomberg.

Ele admitiu que as restrições de exportação do governo dos Estados Unidos cortariam uma liderança de dois anos construída pela Huawei sobre seus concorrentes. No entanto, a empresa ou aumentará sua oferta de chips, ou encontrará alternativas para ficar à frente em smartphones e 5G.

Podemos não alcançar nossa meta de crescimento esperada, mas ainda estamos crescendo. Sermos capaz de crescer no ambiente de batalha mais difícil, isso reflete o quanto somos excelentes“, disse Ren sobre a divisão de consumo da Huawei que depende de chips e software dos EUA.

Os EUA colocaram a Huawei em uma lista negra de negócios na semana passada, proibindo efetivamente as empresas norte-americanas de fazer negócios com a maior fabricante de equipamentos de rede de telecomunicações do mundo. A medida intensificou uma batalha comercial entre as duas maiores economias do mundo.

Empresas como o Google, cujo sistema operacional Android alimenta a maioria dos smartphones do mundo, disseram que cortariam os laços com a Huawei como resultado da proibição.

À medida que o número de empresas que fornecem componentes e software para a Huawei cai, Ren acrescentou que a Huawei usaria seus próprios produtos como alternativa.

“Os EUA nunca compraram produtos nossos. Mesmo se os EUA quiserem comprar nossos produtos no futuro, talvez eu não venda para eles. Não há necessidade de negociação”.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.



você pode gostar também

Leave a Reply

Financebrokerage