alexa certify
0

Zero emissões de carbono até 2050

Mais de 150 empresas e organizações líderes, incluindo grandes empresas petrolíferas e autoridades portuárias, pediram que a indústria de transporte global fosse totalmente descarbonizada até 2050. 

Elas pressionam os governos para acelerar o pedido e alertam que o tempo está acabando.

Com quase 90% das mercadorias globais transportadas pelo mar, esse tipo de transporte contribui com quase 3% das emissões globais de CO2. O setor está sob crescente pressão para se tornar mais limpo.

A Organização Marítima Internacional (IMO, sigla em inglês), o órgão de navegação da ONU, declarou que busca reduzir em 50% as emissões de gases do efeito estufa (GEE) dos navios em relação aos níveis de 2008 até 2050. 

Contudo, as organizações da indústria estão pressionando os governos a serem mais agressivos na ação. 

As empresas e grupos dos setores de transporte, fretamento, finanças, esportes e produção de combustível dizem que regulamentos mais rígidos são necessários.

Isso garante que a indústria atenda às metas climáticas estabelecidas pelo acordo de Paris, que pretende diminuir o aquecimento global em 2 graus Celsius.

Fórum Econômico Mundial

O Fórum Econômico Mundial, o Fórum Marítimo Global sem fins lucrativos e outros parceiros formaram o projeto “Call to Action”. 

Eles afirmaram que a descarbonização do transporte marítimo só poderia acontecer com a urgência e a escala exigidas se os governos e reguladores adotassem estruturas regulatórias adequadas. 

Os legisladores têm uma chance histórica de acelerar esse processo instituindo um imposto global de carbono sobre os combustíveis navais para impulsionar a descarbonização.

A agência da ONU tem um plano de trabalho pela frente, incluindo uma discussão de medidas adicionais para reduzir as emissões dos GEE dos navios, permitindo aos Estados membros revisar a estratégia atual e propor novas metas.

Há o envolvimento da corporação em vários programas de pesquisa industrial para desenvolver tecnologias e combustíveis capazes de permitir que navios tenham emissão zero.

Foi anunciado pela Mediterranean Shipping Company (MSC) uma colaboração com a construtora naval Fincantieri e a empresa de infraestrutura de energia Snam para determinar as condições do projeto e construção. 

Isso inclui a reorganização das salas dos navios para incorporar tecnologias de hidrogênio e células de combustível. 

Também inclui identificar os parâmetros técnicos dos sistemas de bordo, calcular a potencial economia nas emissões de GEE e conduzir análises técnicas e econômicas do suprimento de hidrogênio e da infraestrutura em terra.

Células de combustível em navios movidos a GNL

De acordo com a MSC, as células de combustível têm um alto potencial para alcançar reduções consideráveis. 

Esta empresa encomendou três navios movidos a Gás Natural Liquefeito (GNL). Além disso, está pesquisando a incorporação de células de combustível como uma possibilidade de obter mais economia. 

O projeto de pesquisa e desenvolvimento da Blue Horizon integra a tecnologia Solid Oxide Fuel Cell (SOFC) a bordo de navios de cruzeiro movidos a GNL. 

Renovação da tecnologia de célula de combustível 

A MSC Cruises também se juntou com a GE Power Conversion, Lloyd’s Register e Ceres Power Holdings para verificar como anda a aplicação da célula de combustível em navios de grande porte. 

O foco será examinar como as SOFCs podem ser integradas à funcionalidade operacional de um navio, incluindo a arquitetura, a propulsão e o layout de energia existentes, para quantificar o impacto da implementação da tecnologia SOFC em termos de redução geral de emissões. 

Houve o financiamento do projeto por meio do UK Department of Transport’s Clean Maritime Demonstration Competition.

 

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.



você pode gostar também

Leave a Reply

User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending

Financebrokerage