0 7

Uso da Blockchain no acompanhamento de cadeias de suprimento

 

Bitcoin é a criptomoeda mais proeminente do mundo, apareceu pela primeira vez no mercado em 2009 e, desde então, mostrou tendência à alta volatilidade. Seus ETFs valem aproximadamente um trilhão de dólares e, embora seu preço sempre tenha oscilado, ele disparou para altas nunca atingidas nos últimos dias, ultrapassando US$ 50.000.

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, ressaltou recentemente a necessidade de regular qualquer instituição que lide com Bitcoins, e proteger investidores de golpes e transações ilícitas. Apesar da falta de regulamentação, a criptomoeda é extremamente popular, não só entre investidores, mas também entre as massas.

No entanto, investidores de Bitcoin não seriam capazes de armazená-lo e utilizá-lo se não fosse pela tecnologia Blockchain. Na verdade, o Bitcoin é inútil sem Blockchain, que é um registro distribuído onde um rasto digital é criado a cada transação efetuada. Embora essas transações sejam públicas, as identidades das pessoas que transferem as moedas são criptografadas e privadas.

Mas ese não é o único uso da Blockchain, já que ela é muito mais sofisticada e nos permite evitar interrupções nas cadeias de suprimentos. Isso foi comprovado durante a pandemia do coronavírus, que nos mostrou que uma ligeira interrupção na cadeia de suprimentos poderia causar sérias consequências, como a escassez de oferta e dinheiro comprometido em estoques em excesso.

Assim, a tecnologia Blockchain também é usada na distribuição de vacinas. A diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), Rochelle Walensky, declarou recentemente que um dos maiores problemas agora é que ela não pode dizer quantas vacinas possuem. Isso representa um problema sério porque ela não pode passar essa informação para autoridades estaduais de saúde e governadores. No entanto, usando Blockchain, poderíamos rastrear o processo sem muitas dificuldades.

 

Vários hospitais já estão usando a tecnologia blockchain para rastrear vacinas Covid-19

 

A Blockchain aumenta a rastreabilidade e visibilidade da cadeia de suprimentos dentro de uma complexa rede de cadeias de suprimentos. Ao usar a Blockchain, todas as partes envolvidas têm acesso irrestrito a ele, recebendo dados seguros e sincronizados. Além disso, toda ação é totalmente transparente, já que é mostrada em tempo real durante as atividades da cadeia de suprimentos de ponta a ponta. Assim, os líderes podem rastrear rapidamente não apenas transações financeiras, mas também todos os componentes da produção, permitindo-lhes evitar interrupções.

De acordo com relatórios, dois hospitais no Reino Unido estão usando Blockchain para aumentar a visibilidade na logística da cadeia de suprimentos das vacinas contra o coronavírus. Usando essa tecnologia, eles podem rastrear vacinas controladas pela temperatura e sincronizar dados para atualizações de status em tempo real de envios tanto para distribuição como administração.

Além disso, o varejo e várias indústrias, como alimentar e agrícola e até mesmo aeroespacial, também usam Blockchain para transformar cadeias de suprimentos.

Embora o Bitcoin seja a primeira aplicação dessa tecnologia, sua implementação além das moedas digitais posiciona o blockchain como uma das principais tecnologias do futuro. De fato, especialistas acreditam que isso transformará a forma como as empresas operam nos próximos anos.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.

Deixe sua opinião

Sending

Inscreva-se e receba nosso boletim de notícias

Receba as melhores notícias da Finance Brokerage diretamente no seu e-mail. Inscreva-se agora para receber as últimas notícias do mercado.