quora USD alcança máxima de duas semanas. Investidores estão esperando
0 28

USD alcança máxima de duas semanas, Investidores estão esperando

Na segunda-feira, o dólar norte-americano atingiu uma máxima de duas semanas após fortes dados econômicos na semana passada. A mudança levou os investidores a reavaliarem suas posições sobre se o Fed manterá as taxas de juros baixas. Os investidores estão antecipando isso na reunião de política monetária desta semana.

Outros mercados de Forex se mantiveram calmos, com os investidores assumindo uma posição relaxada ao fazer suas apostas antes das reuniões. O encontro do Federal Reserve, uma reunião de banqueiros europeus em Portugal e do Banco da Inglaterra, influenciará a decisão da taxa de juros a ser adotada na quinta-feira.

Um aumento nos recordes de vendas no varejo dos EUA na sexta-feira diminuiu as possibilidades de um corte na taxa nesta semana e elevou o dólar. Jerome Powell, o presidente do Federal Reserve, planeja implementar cortes futuros de taxas.

Os últimos dados de posicionamento indicam que os investidores estão assumindo posições longas (de compra) no dólar, mas apenas nos níveis alcançados em março.

A expectativa de um corte de taxa durante as reuniões de 18 e 19 de junho caiu acentuadamente após os fortes dados de vendas no varejo. A alteração foi de 28,3% na quinta-feira para 21,7% após o lançamento dos dados locais. O relatório é de acordo com a ferramenta FedWatch, do CME Group. Apesar da queda na expectativa de corte de juros, a antecipação da flexibilização monetária permanece alta, em 85%.

O euro provavelmente enfrentará diversos obstáculos nos próximos dias, de acordo com a previsão dos analistas.

Os problemas do EUR foram o Brexit, as guerras comerciais, a Itália e o leasing do Banco Central Europeu. Isso vem impedindo o par EUR/USD de sair da faixa de $1,10 a $1,15 até o final do ano, embora o dólar tenha tido um contexto flexível neste verão.

O índice do dólar, que mede sua força contra um grupo de moedas rivais, ficou inalterado em 97,569. Esta posição fechou em uma máxima de duas semanas alcançada anteriormente no início da temporada. O euro praticamente não se moveu, ficando em $1,1209.

Impasse entre EUA e China

Os receios crescentes devido ao impasse de longa data entre a China e os EUA provocaram cortes nas taxas em vários países. A Nova Zelândia, a Índia, a Malásia, as Filipinas e a Austrália sofrerão um golpe defensivo em caso de recessão global.

O Banco Central Europeu forneceu mais estímulo. Espera-se que o Banco do Japão honre o seu compromisso de manter o estímulo por um longo tempo.

Os mercados estão se preparando para um corte na taxa do Fed em julho. Enquanto isso, os analistas argumentam que ainda há muito por vir em decorrência das negociações comerciais entre EUA e China, na tentativa de resolver o conflito antigo. A alta incerteza, especialmente em torno das negociações, complicaria um pouco mais as conversas. A reunião pós-G20 poderia levar a uma diminuição das tensões ou à reabertura de negociações, em vez de um resultado tangível.

O dólar subiu 0,15% na sexta-feira passada com relação ao iene, para 108,60.

A libra esterlina caiu ainda mais em direção à mínima de 2019, chegando a $1,2575, seu nível mais fraco desde o início do ano. Os investidores têm menos confiança de que Boris Johnson, o candidato favorito para assumir a posição de primeiro-ministro, entregará um acordo Brexit.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Sending
User Review
0 (0 votes)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociações e Forex no Finance Brokerage. Confira a nossa extensa seção de educação em negociações e lista das melhores corretoras de Forex aqui. Inscreva-se agora e receba atualizações GRATUITAS sobre o mercado hoje!

Leave a Reply

Subscribe to Our Newsletters

Have the best of Finance Brokerage News delivered directly to your mailbox. Subscribe now to receive the latest market news.

Welcome to Email Subscribers Group Selector