quora Tensões no Oriente Médio e os preços do petróleo
0 14

Tensões no Oriente Médio e os preços do petróleo

A indústria de petróleo é crucial para qualquer país. É uma das commodities mais importante, e este fato o torna mais vunerável às flutuação de preço. Não é coincidência que os preços do petróleo aumentaram em mais de 19% após o ataque na instalação de processamento de petróleo. Os ataques cometidos pelos rebeldes Houthi resultaram no maior aumento do preço em mais de 28 anos. Embora os rebeldes do Houth tenha reinvindicado a responsabilidade é impossível provar isto sem investigação.

A Arábia Saudita é um importante player no Mercado mundial. Isto significa que o ataque nas suas instalações pode pertubar o setor de petróleo por um período de tempo. No momento, a companhia de propriedade do estado, Saudi Aramco está em situação peculiar uma vez que tem que reduzir a produção de petróleo diária. Houve um tempo em que o país era o maior exportador de petróleo do mundo. Entretanto, o título pertence agora aos EUA. Este incidente póde comprometer a participação de Mercado que a Arábia Saudita controla em 2019.

O ministro da energia da Arábia Saudita vai tratar deste assunto em várias horas. O príncipe Abdulaziz bin Salman tem que responder a preguntas em relação à extensão do dano causado pelos ataques de drones. Além disso, há outras preocupações como também quanto tempo levará para reparar a infraestrutura.

Os preços do petróleo caíram na terça-feira. O preço dos contratos futuros de petróleo brent recuou US $ 1,22 ou 1,8%, para US$ 67,88 por barril. O preço do petróleo West Texas Intermediate (WTI) caiu US$ 1,13 ou 1,8%, para US$ 61,77 por barril.

A resposta do setor petroleiro

Os aumentos recentos do preço mostraram que mesmo os ataques à maior instituição de processamento de petróleo do mundo não é o suficiente para aumentar o preço a longo prazo. O ministro da energia da Rússia, Alexander Novak, fez o que reflete o atual estado das relações.

Ele disse que os preços do petróleo subiu devido aos riscos associados com o ataques na infraestrutura de petróleo da Arábia Saudita. Na segunda-feira, Novak afirmou que não houve escassez de petróleo nos estoques mundiais.

O secretário de energia dos EUA, Rick Perry, disse que os EUA estavam monitorando a situação e agiria de acordo. Perry está confiante também de que o Mercado de petróleo liderá com os problemas. Os comentários feitos pelas autoridades governamentais dos EUA e Rússia destacam o fato de que até perder 5% da produção mundial é um enorme problema.

Perry mencionou também que ele tinha dado cartão verde para o uso de reservas estratégicas de petróleo. Entretanto, ele não deu detalhes em relação à quantidade que o governo vai usar para este propósito.

É válido mencionar que os ataques nas instalações de petróleo em Abqaiq e Khurais causaram problemas para o setor petroleiro. Foi a maior interrupção em 50 anos. Como resultado, a Arábia Saudita teve que reduzir a produção de petróleo em 5,7 milhões de barris por dia.

A situação permanece tensa uma vez que tais incidentes destacam a fragilidade da paz na região. De um lado esta o rebeldes de Houthi apoiados pelo Irã. E de outro está o presidente do Yemen. A Arábia Saudita levou a coaligação a apoiar o presidente do Yemen.

Os preços do petróleo caíram na terça-feira devido à instabilidade do Mercado em meio aos temores de maior intensificação.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociações e Forex no Finance Brokerage. Confira a nossa extensa seção de educação em negociações e lista das melhores corretoras de Forex aqui. Inscreva-se agora e receba atualizações GRATUITAS sobre o mercado hoje!

Leave a Reply

Sending

Subscribe to Our Newsletters

Have the best of Finance Brokerage News delivered directly to your mailbox. Subscribe now to receive the latest market news.

Welcome to Email Subscribers Group Selector