alexa certify
0 12

Preços do petróleo e confronto com o Irã

Os preços do petróleo aumentaram na quarta-feira. O preço do petróleo bruto Brent subiu 53 centavos, para US$ 64,88 o barril. Outra referência, que é o West Texas Intermediate (WTI), também aumentou, por 31 centavos, e chegou a US$ 57,93 o barril. Há várias razões pelas quais os preços do petróleo aumentaram na quarta-feira.

De acordo com o American Petroleum Institute (API), os estoques de petróleo caíram 1,4 milhão de barris de 5 de julho a 12 de julho. Isso significa que os estoques de petróleo bruto caíram para 460 milhões de barris. A API fez esta declaração na terça-feira. Analistas previram que os estoques cairiam em 2,7 milhões de barris. A U.S. Energy Information Administration (EIA) divulgará os dados oficiais hoje. Este resultado significa que será o quinto declínio semanal consecutivo dos estoques brutos. É o período de tempo mais longo desde o início de 2018.

Outra razão é o efeito do furacão Barry no Golfo do México. No momento, as empresas estão trabalhando para retomar a produção de petróleo na região. O Bureau of Safety and Environmental Enforcement divulgou uma declaração sobre a situação no Golfo do México. Eles disseram que a produção de petróleo diminuiu 1,1 milhão de barris por dia, o que representa 58% da quantidade total de petróleo produzido na região. Além disso, a produção de gás natural caiu 1,4 bilhão de pés cúbicos de gás natural.

A situação no Oriente Médio

O Estreito de Ormuz é um estreito entre o Golfo Pérsico e o Golfo de Omã. É uma das rotas marítimas mais importantes para o transporte de petróleo no mundo. As tensões regionais na região começaram há muito tempo e há várias questões que podem desestabilizar o Oriente Médio. No entanto, as contínuas tensões entre os EUA e seus aliados com o Irã são uma séria ameaça.

Não é surpreendente que países e empresas privadas estejam tentando entender como esse conflito pode afetar o suprimento de petróleo. Como resultado, existem muitos estudos que abordaram esse problema. O Rapidan Energy Group é uma consultoria sediada nos EUA e eles analisaram vários cenários possíveis sobre como o conflito pode afetar as rotas marítimas da região.

Segundo a empresa, em caso de conflito militar, a interrupção durará mais do que o esperado devido à capacidade do Irã de atacar navios na região. Eles acham que o conflito pode continuar por várias semanas, se não mais, e terá um impacto significativo nos preços do petróleo. Os analistas da Rapidan acreditam que, no caso de uma interrupção de uma semana, os preços do petróleo podem chegar a US$ 80-90 por barril. No entanto, os preços podem chegar a US$ 100 por barril.

Se o conflito continuar por mais de um mês, os preços do petróleo podem chegar a US$ 100 por barril. Após o conflito, os preços do petróleo cairão, mas o custo será maior, em cerca de US$ 5 por barril. Estes cenários ressaltam a importância do Estreito de Ormuz quando se trata do suprimento de petróleo.

As tensões geopolíticas estão em alta na região. Na segunda-feira, o ministro das Relações Exteriores do Irã expressou o desejo de reiniciar as negociações. Os preços do petróleo subiram na quarta-feira, o que é bom para a indústria do petróleo.

Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociações e Forex no Finance Brokerage. Confira a nossa extensa seção de educação em negociações e lista das melhores corretoras de Forex aqui. Inscreva-se agora e receba atualizações GRATUITAS sobre o mercado hoje!

Deixe sua opinião

Sending

Inscreva-se e receba nosso boletim de notícias

Receba as melhores notícias da Finance Brokerage diretamente no seu e-mail. Inscreva-se agora para receber as últimas notícias do mercado.