alexa certify
0

Commodities: Os preços do petróleo e a reunião da OPEP

Os preços do petróleo caíram na quinta-feira. O preço dos contratos futuros do petróleo Brent diminuíram em 61 centavos para US$ 60,20 um barril. Esta foi a Terceira sessão consecutiva que os contratos futuros do Brent enfretaram problemas. O preço dos contratos futuros do West Texas Intermediate (WTI) caíram em 37 centavos para US$ 55,38.

Há muitos problemas que estão afetando o setor de petróleo. A Guerra comercial em curso entre os EUA e a China é um deles. Entretanto, a OPEP tem problemas relacionados com seus estados membros. Os ministros de energia da Arábia Saudita enfatizaram a necessidade de cumprir com o acordo. O ministro da energia da Arábia Saudita, Prince Abdulaziz bin Salman, destacou a importância da cooperação. Ele disse que não importa quanto de petróleo este ou aquele país está produzindo, tem que seguir os cortes de petróleo acordados pela OPEP.

É válido mencionar que a OPEP e seus aliados concordaram em reduzir sua produção diária em dezembro de 2018. De acordo com este acordo, os países que assinaram este acordo reduzirá a produção de petróleo a partir de janeiro de 2019. A meta deste acordo era cortar a produção em 1,2 milhões de barris de petróleo por dia.

No entanto, assinar este contrato provou ser insuficiente para resolver este problema. Por exemplo, no mês passado, o Iraque estava bombeando 4,80 milhões de barris por dia quando deveria bombear apenas 4,65 milhões de barris. Além disso, o Iraque não está sozinho quando se trata de não cumprir o acordo. A produção de petróleo na Nigéria era 1,84 milhões de barris por dia ao invés de 1,65 milhões de barris.

A previsão de demanda de petróleo para 2020

Na quinta-feira, os ministros da OPEP+ se reunirão em Abu Dhabi para uma reunião do comitê de monitoramento do Mercado. A reunião formal da OPEP+ acontecerá em dezembro.

Na quarta-feira, a OPEP divulgou um relatório mensal. De acordo com este relatório, a demanda de petróleo crescerá em, 1,08 milhões de barris por dia em 2020. Isto significa que em comparação com a previsão anterior este valor diminuiu em 60.000 barris por dia. Entretanto, o superávit permaneceria a acontecer.

Outro problema  para a OPEP e seus aliados é que a economia global está desacelarando. Isto terá um efeito negativo no setor de petróleo. O relatório preparado pela OPEP destacou os problemas relacionados à economia mundial. A economia crescerá em 3,1% em 2020, Eles reduziram de 3,2% para 3,1%.

A boa notícia para a OPEP é que os estoques de petróleo diminuíram nas economias industrializadas em julho. Isto significa que a chance de um possível excesso de oferta não é muito alta. Entretranto, os estoques de petróleo superaram a media de cinco anos em julho.

De acordo com o relatório, a demanda para o petróleo da OPEP será de 29,40 milhões de barris por dia em 2020. ISto significa que a demanda para o petróleo da OPEP diminuirá em 1,2 milhões de barris em comparação com 2019.

O país líder de produção de petróleo nesta organização é a Arábia Saudita. Em Agosto, o país aumentou a produção diária em 200.000BPD para 9,789 milhões de BPD. No entanto,o líder de fato da OPEP cumpre rigorosamente o acordo. Sua cota diária é 10,311 BPD.

O desafio para a organização é que até o nível de produção, que era em Agosto é suficiente para ultrapassar a demanda por petróleo em 2020. Isto significa que a OPEP deverá tomar medidas adicionais para lidar com o problema.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.



você pode gostar também

Leave a Reply

User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending

Financebrokerage