alexa certify
0

Negociação de futuros: Preços do petróleo prestes a atingirem a baixa semanal

NEGOCIAÇÃO DE FUTUROS – Preços do petróleo subiram cerca de 1% na sexta-feira. No entanto, eles ainda estavam em direção à sua maior queda semanal deste ano.

No início desta semana, os preços do petróleo caíram devido a um aumento nos estoques e à ansiedade da desaceleração econômica.

Os futuros do petróleo Brent subiram 1,1% e se mantiveram em $68,48 o barril, ou 72 centavos acima do último fechamento. Até agora, os preços tiveram suporte nos cortes que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo lidera e nas tensões no Oriente Médio.

Enquanto isso, os futuros do petróleo bruto West Texas Intermediate (WTI) subiram 1,1%, para $58,57 por barril, ou 66 centavos acima.

“Vários riscos de fornecimento permanecem, enquanto a tensão continua entre o Irã e os EUA, o que pode se tornar perturbador”, disse o banco ANZ.

A curva de preços a termo para futuros do petróleo Brent ainda está em “backwardation”. Isso significa que os preços para entrega sob demanda são mais altos do que para entregas posteriores.

Isso, por sua vez, implica condições de mercado ajustadas, obrigando os produtores a produzir e vender petróleo imediatamente, em vez de armazená-lo para mais tarde.

“Apesar do grande declínio no preço do Brent, o backwardation na curva a termo aumentou esta semana”, disse Jefferies Bank.

Cortes de fornecimento e tensões

A OPEP liderou os cortes no fornecimenro desde o começo do ano. Seu objetivo era ajustar o mercado e aumentar os preços.

O ANZ disse que as sanções dos EUA ao Irã e à Venezuela provavelmente reduziriam as exportações de petróleo bruto da OPEP. Tanto o Irã como a Venezuela são membros do cartel do petróleo.

No entanto, os preços mais fortes da sexta-feira não puderam reduzir os maiores declínios registrados no início da semana, que atenuaram os futuros de petróleo. Isso os colocou no caminho de suas maiores perdas semanais do ano.

“Os preços do brent caíram … esta semana, já que as preocupações comerciais com os Estados Unidos e a China estão dominando as manchetes”, disse Jefferies Bank.

O número crescente de estoques de petróleo nos EUA começou a pressionar os preços a partir do meio da semana.

“O aumento dos estoques (de petróleo) e a queda na manufatura dos EUA aumentaram as preocupações com o comércio relacionadas à demanda global”, disse um estrategista de mercado australiano.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.



você pode gostar também

Leave a Reply

Financebrokerage