0 24

Mídia Chinesa Minimiza Queda do Iuane e Rótulo de Manipulação

A mídia estatal chinesa apoiou o movimento do governo sobre a desvalorização do iuane, dizendo que era normal. A imprensa enfatizou os benefícios econômicos que vêm com uma moeda flexível.

Segundo o relatório de segunda-feira da Agência de Notícias Xinhua, o iuane caindo abaixo de 7 por dólar é o resultado de um impulso do mercado. O movimento mostra que a taxa de câmbio agora está mais flexível. O relatório também disse que é normal que os sentimentos do mercado flutuem em meio a crescentes riscos externos.

O Diário do Povo disse que o futuro do iuane é imprevisível. Ele disse que o banco central está mais tolerante com as flutuações do que no ciclo de depressão de 2016. O jornal também publicou um artigo em uma de suas contas WeChat. Ele disse que os mercados desempenham um papel mais significativo na taxa de câmbio do iuane.

Na segunda-feira, o iuane caiu ao menor nível em mais de dez anos. Isso fez a administração de Trump rotular a China – uma manipuladora de moeda, agravando a guerra comercial EUA-China. A medida é simbólica, mas destaca a deterioração da relação comercial entre as duas economias gigantescas.

Na terça-feira, o iuane reduziu as perdas em Hong Kong, depois que a taxa diária fixa do banco central da China ficou acima de 7 por dólar. Na segunda-feira, o diretor do Banco Popular da China, Yi Gang, disse que a China não usaria o iuane como uma ferramenta para lidar com disputas comerciais.

De acordo com o comentário de um jornal chinês de segurança, a mídia financeira doméstica também aliviou os nervos do investidor ao dizer que o PBOC ainda estava animado com a mentalidade básica. Os estrategistas políticos estavam considerando uma série de riscos na gestão das taxas de câmbio.

A publicação também enfatizou que não havia necessidade de se preocupar com a forte desvalorização do iuane ou os choques nos preços dos ativos em meio à saída de capital. Ela disse que não havia base para o iuane se desvalorizar significativamente.

Iuane se estabiliza, sentimento do investidor ainda é delicado

Na terça-feira, o iuane se estabilizou após a queda à noite. Os sentimentos do mercado permaneceram delicados um dia após a forte onda de vendas nos mercados globais, impulsionada pelo medo da escalada da guerra comercial.

O iuane offshore da China prolongou as quedas do dia anterior e caiu ligeiramente para 7,1382. É a maior queda desde 2010, quando começou a negociação internacional da moeda chinesa. No entanto, ele recuou para 7,0690 depois que Pequim o fixou na terça-feira.

No início da terça-feira, o iuane chinês onshore caiu para uma baixa de 11 anos de 7,0699 por dólar. Os chineses decidiram romper o 7 por dólar na segunda-feira. Isso ocorreu pela primeira vez depois que os EUA impuseram tarifas de 10% sobre US$ 300 bilhões em importações chinesas.

Segundo analistas, a decisão da China foi uma indicação de que ela não recuaria na guerra comercial que já estava afetando o crescimento global.

Mas a fixação do ponto médio de 6,9683 do PBOC na terça-feira foi mais firme do que o mercado esperava, o que diminuiu o recuo do iuane.

Na segunda-feira, Steven Mnuchin, secretário do Tesouro dos EUA, afirmou que os EUA estavam certos de que a China estava manipulando sua moeda. Ele disse que os EUA iriam envolver o FMI para eliminar a concorrência desleal da China.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociações e Forex no Finance Brokerage. Confira a nossa extensa seção de educação em negociações e lista das melhores corretoras de Forex aqui. Inscreva-se agora e receba atualizações GRATUITAS sobre o mercado hoje!

Deixe sua opinião

Sending

Inscreva-se e receba nosso boletim de notícias

Receba as melhores notícias da Finance Brokerage diretamente no seu e-mail. Inscreva-se agora para receber as últimas notícias do mercado.