// // Gráfico dos pares EURUSD e  GBPUSD no dia 30 de dezembro
0

Gráfico dos pares EURUSD e  GBPUSD no dia 30 de dezembro

 

Analisando o gráfico – EURUSD

Durante a sessão asiática, o euro enfraqueceu em relação ao dólar. Desde o início das negociações desta noite, a moeda europeia teve uma queda de 0,19%, sendo negociada por 1,13220 dólares. A França está tendo um aumento no número de novos casos da Covid-19. Nas últimas 24 horas foi atingido um novo recorde nacional e europeu com 208.000 casos notificados. A Itália também alcançou outro recorde, com isso, o euro voltou a ficar sob grande pressão. Portugal é um dos países com uma das maiores taxas de vacinação contra a Covid-19 no mundo. Dessa forma, cerca de 87% dos 10 milhões de habitantes estão totalmente vacinados no país. Ainda assim, existem aumentos de casos que impulsionam a realização de testes na população. 

Cenário de alta:

  • Precisamos sair do triângulo e manter a consolidação positiva atual.
  • Caso queira continuar, o par deverá ultrapassar 1,13800, pois pode obter suporte nas médias móveis MA20 e MA50.
  • Abaixo desse valor, nos aproximaremos da linha de tendência superior, que nos impediu de atingirmos a tendência de alta durante as tentativas anteriores.
  • Uma quebra acima da linha de tendência aumentaria o otimismo de alta. Com isso, poderemos ver o par no nível de 1,170000, alcançando a média móvel MA200.

Cenário de baixa:

  • Necessitamos de uma quebra abaixo da média móvel MA20 e da linha inferior do triângulo. Após isso, desceremos para testar 1,11860, que é a mínima anterior .
  • Na continuação, o par formará uma nova mínima este ano. Além disso, uma nova pressão de baixa aumentaria a sua influência, além de direcioná-lo para o nível de 1.100.000.

Analisando o gráfico – GBPUSD

Ao longo do pregão asiático, a libra esterlina enfraqueceu em relação ao dólar, perdendo parte dos lucros do dia anterior. Ontem, o Reino Unido reportou 185.000 novos casos de pessoas contaminadas pelo vírus. As tensões pós-Brexit sobre a cota de pesca com a União Europeia tiveram um resultado positivo em 2021, fazendo com que a libra aumentasse. Os preços dos imóveis britânicos subiram 1,0% a mais do que o esperado em dezembro, quando comparado a novembro, sendo o maior aumento de preços desde 2006. Atualmente, a libra está sendo negociada por 1,3490 dólares, o que está ocasionando um aumento de 0,02% na moeda britânica desde o início das negociações desta noite.

Cenário de alta:

  • Precisamos de mais uma continuação desta consolidação positiva e uma quebra acima dos níveis de Fibonacci de 50,0% em 1.39490.
  • O par GBP/USD ainda está testando o nível de 1,35000. Caso ocorra uma alta, a libra irá se fortalecer.
  • Nossa próxima meta é o nível de Fibonacci de 61,8% que está na linha de resistência superior, na zona entre 1,35700 – 1,36000.
  • Nessa zona, poderemos esperar a próxima resistência, e uma quebra acima dela indica o nível de 78,6%, além da média móvel MA200 em 1,37000.

Cenário de baixa:

  • Necessitamos de uma consolidação negativa e uma retirada desse par no nível de Fibonacci de 38,2% em 1,34150.
  • O nosso novo suporte neste nível será a média móvel MA50.
  • Nosso próximo suporte estará no nível de Fibonacci de 23,6% em 1.33150, com o suporte na média móvel MA20.
  • Caso a tendência de baixa se fortaleça, nós poderemos esperar uma nova queda do par e um retorno à 1.32000, que é zona de suporte anterior.

Visão geral do mercado

Notícias britânicas

Durante o próximo ano, o mercado imobiliário na Grã-Bretanha poderá desacelerar, após um bom ano em 2021. Segundo dados divulgados pela NBS, na quinta-feira, essa redução poderá ocorrer devido ao fim da ameaça que a Ômicron representa para o mercado de trabalho.

De acordo com a pesquisa mensal do grupo, o Índice de preços de casas passou de 10,0% em novembro para 10,4% no comparativo anual em dezembro. Ainda segundo o relatório da NBS, o ano de 2021 foi o melhor para o aumento dos preços dos imóveis desde 2006.

Notícias dos EUA

Um relatório divulgado na quarta-feira pela National Association of Realtors mostrou uma queda inesperada nas vendas de imóveis nos EUA em novembro. A redução surpreendeu os economistas, as expectativas eram de que as vendas subissem 0,5%. Em novembro, o Índice de Vendas Imobiliárias Pendentes (PHSI) declinou 2,2%, passando para 122,4, após passar de 7,5% para 125,2 em outubro.

A Venda Imobiliária Pendente é quando o contrato foi assinado, mas ainda não foi fechado. São necessárias entre quatro a seis semanas para concluir uma venda. A queda inesperada veio depois que o PHSI atingiu seu nível mais alto em dezembro.

 

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.



você pode gostar também

Leave a Reply

User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending