alexa certify
0

EUR/USD continua vulnerável a maiores quedas

O par EUR/USD negociou melhor durante a parte inicial da sessão de segunda-feira. No entanto, o EUR permaneceu defensivo em meio à terceira onda de infecções por COVID-19 na Europa. Há preocupações de que as restrições relacionadas à pandemia na Europa possam inviabilizar a frágil recuperação econômica. Especialmente com o ritmo lento da vacinação.

Esse foi um fator crítico segurando a tentativa do par de se recuperar da marca de 1,1700. O nível está perto das mínimas de cinco meses tocadas na semana passada. Ademais, há vários fatores que continuam empurrando os rendimentos do Tesouro dos EUA para cima. Por conta disso, o salto do EUR/USD poderia ser limitado.

Ainda assim, uma ação dovish no preço do dólar americano estendeu algum apoio ao par. Desse modo, ajudou a limitar perdas adicionais, pelo menos por enquanto.

Os dados econômicos dos EUA são otimistas e promissores. Por exemplo, os divulgados no relatório mensal de empregos. Ele mostrou que a economia adicionou 916.000 novos empregos em março. Este foi o terceiro mês consecutivo de crescimento. Bem como o maior ganho desde agosto passado. 

A leitura de fevereiro também foi revisada para 468.000 dos 379.000 relatados anteriormente. Do mesmo modo, a taxa de desemprego caiu de 6,2% para 6,0%. Os dados reforçaram as perspectivas de uma recuperação econômica relativamente mais rápida para os EUA.

Além disso, o presidente Joe Biden revelou seu plano de US$ 2 trilhões. Esse valor estaria destinado a reconstruir infraestruturas e remodelar a economia.

 

USD luta para se beneficiar dos dados econômicos otimistas

Na sexta-feira, houve um movimento positivo liderado pelo relatório mensal de empregos dos EUA bem-sucedido. Porém, o dólar americano teve dificuldades para capitalizar esse movimento.

Os touros do USD não pareciam impressionados com os fatores de apoio. Portanto, participantes do mercado agora esperam pela publicação do PMI ISM Não-Manufatura dos EUA. Esse índice pode fornecer impulso em meio a condições de liquidez relativamente apertadas, após o feriado de segunda-feira de Páscoa nos mercados europeus.

 

Perspectiva técnica de curto prazo para o EUR/USD

Do ponto de vista técnico, analistas acham que a incapacidade do par de ganhar tração significativa suporta perspectivas de ampliação da trajetória descendente recente.

É provável que os investidores de baixa esperem antes de se posicionarem para movimentos de depreciação adicionais. Desse modo, eles estão de olho em alguma venda subsequente abaixo da marca de 1,1700. Além do mais, o par pode ficar vulnerável a acelerar o declínio. Então, testar a área de suporte 1,1620-15. O nível é seguido de perto pela marca de 1,1600. Por sua vez, isso deve abrir caminho para um deslizamento rumo à marca psicológica chave 1,1500 se for quebrado.

Em contrapartida, qualquer vantagem significativa provavelmente enfrentará forte resistência. Além do risco de desaparecer rapidamente perto da marca de 1,1800. Ainda que um movimento do chamado short covering possa ser desencadeado. Bem como empurrar o par para o forte ponto de quebra de suporte em 1,1860.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.

você pode gostar também

Leave a Reply

Sending

Inscreva-se e receba nosso boletim de notícias

Receba as melhores notícias da Finance Brokerage diretamente no seu e-mail. Inscreva-se agora para receber as últimas notícias do mercado.



Financebrokerage