alexa certify
0

Escassez de ureia ameaça transporte na Coreia do Sul

A Coreia do Sul enviará um petroleiro militar para a Austrália para entregar 27.000 litros de solução de ureia. Durante uma grave escassez desse aditivo, indústrias reduziram as emissões de veículos a diesel. Já as fábricas ameaçaram interromper o transporte comercial.

O governo exige cerca de dois milhões de veículos a diesel, principalmente caminhões de carga, para usar o aditivo.

Entre janeiro e setembro, a China forneceu quase 97% das importações de ureia da Coreia do Sul. Segundo o funcionário de uma das mais importantes refinarias do país, a escassez ameaça parar caminhões de entrega de gasolina. Além disso, coloca em risco o transporte de outros combustíveis para os postos de gasolina locais.

Se postos de gasolina não receberem a quantidade certa de combustível, os custos logísticos podem crescer em quase todos os setores. Sendo assim, isso acabará sobrecarregando os consumidores com aumentos de preços de bens de consumo diário.

Porém, a falta de combustível pode impactar significativamente o setor industrial do país. Sendo assim, será necessário ureia para reduzir a poluição ou interromper a produção. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, 34,7% das 835 mil toneladas de ureia importadas em 2020 foram para uso industrial. Desse total, 9,8% eram para carros e o resto foi usado para fazer fertilizantes agrícolas.

Desde meados de outubro, a incapacidade do país em importar ureia da China diminuiu a taxa de operação de sua linha de produção de solução de ureia.

Montadoras preocupadas

Caso a escassez persista, a indústria automobilística terá dificuldade. Pois, haverá contratempos em obter peças de fornecedores que já lidam com a falta de semicondutores. Ainda, poderá ocorrer o aumento nos preços das matérias-primas.

Moon Jae-in, presidente da Coreia do Sul, tentou acalmar a população na terça-feira. Ele disse em uma reunião de gabinete, que não havia necessidade de “preocupação excessiva”.

Em uma reunião do comitê parlamentar na terça-feira, Suh Wook, Ministro da Defesa, afirmou que os militares emprestarão metade de seu estoque de 445 toneladas de soluções automotivas de ureia para civis. Esta semana, o país recebeu 200 toneladas do aditivo do Vietnã. Além disso, ele está em negociações com outros países para a obtenção de até 10.000 toneladas. Isso será o suficiente para produzir aproximadamente 30.000 toneladas de fluido de exaustão de diesel. Em 2015, a Coreia do Sul tornou as soluções de uréia obrigatórias para veículos a diesel, afetando 40% dos veículos cadastrados.

Desde 2015, esses veículos devem ser equipados com os chamados sistemas de redução catalítica seletiva. É necessária a injeção de soluções de ureia para auxiliar na remoção do óxido de nitrogênio vindo da exaustão do diesel, que causa poluição do ar.

Os carros particulares e caminhões não podem sair sem essa solução. Além disso, os caminhões só podem viajar 20 km. Portanto, isso leva motoristas desesperados a manipular seus veículos ou usar emuladores de ureia para enganar o sistema de Redução Catalítica Seletiva (SCR, sigla em inglês).

 

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.



você pode gostar também

Leave a Reply

User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending

Financebrokerage