0

Dólar está sob pressão

O dólar manteve-se perto de sua mínima de dois meses em relação ao euro na quarta-feira. Investidores aguardam o resultado das eleições americanas e os dados de inflação desta semana, que impulsionará as expectativas para as perspectivas das taxas de juros. 

Enquanto isso, no comércio da Ásia, o dólar caiu para 145,17 ienes. Vale notar que é seu nível mais baixo em relação à moeda japonesa neste mês, assim como 0,9814 francos suíços, seu nível mais baixo em quase cinco semanas.

Além disso, o dólar americano esteve sob pressão nas últimas semanas. Isso ocorreu devido às previsões do Federal Reserve (Fed) de diminuir os aumentos das taxas de juros e a China relaxando as regras do COVID e estimulando o PIB.

No entanto, o foco estava nos resultados das eleições de meio de mandato nos Estados Unidos. Os quais revelaram um quadro ambíguo, com os republicanos ainda projetados para ganhar a maioria na Câmara dos Deputados, enquanto o Senado permanecia em apuros. 

Ao mesmo tempo, os investidores estão esperando para ver se os números do Índice de Preços ao Consumidor (CPI, sigla em inglês) de quinta-feira levarão o Federal Reserve a continuar aumentando as taxas de juros até o próximo ano para conter a inflação ou se poderão fazer uma pausa.

AUD e NZD caíram

Após a reunião do Fed da semana passada, os mercados se prepararam para um pico ainda mais alto nas taxas dos EUA. Ao mesmo tempo, alguns estão começando a se preocupar se as expectativas das taxas têm pouco mais a avançar, restringindo os ganhos do dólar. 

No entanto, a moeda americana se recuperou em relação a várias moedas na quarta-feira. Dessa forma, ganhando em relação ao dólar australiano, que caiu 0,53%, e à libra esterlina, que caiu 0,7%, para US$ 1,1463, com traders atribuindo o declínio da libra a problemas técnicos.

Vale observar que após três dias de avanços, a libra esterlina caiu em relação ao dólar na quarta-feira. Isso ocorreu antes dos principais dados de inflação dos EUA na quinta-feira e da próxima declaração orçamentária do governo do Reino Unido prevista para a próxima semana.

Com esse cenário, a libra caiu 0,71% em relação ao dólar , sendo negociada a US$ 1,14650, após subir 3,5% nos três pregões anteriores. Além disso, duas fontes citaram a fraqueza da libra em relação ao euro como um fator de perda geral da moeda do Reino Unido.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)


você pode gostar também

Leave a Reply

User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending