alexa certify
0

Dólar atinge sua maior alta em uma semana

O dólar atingiu sua maior alta em uma semana contra uma cesta de concorrentes.  Esse aumento foi impulsionado pelas expectativas da reunião do Federal Reserve (Fed) que acontecerá esta semana. Além disso, o grande receio em relação a nova variante Ômicron também reflete nesse cenário.

Houve uma queda de 0,64% no dólar australiano (moeda de risco) atingindo assim, sua baixa de uma semana.

A reunião do Fed, que começou na terça-feira, destacará os anúncios políticos dos Bancos Centrais. Dentre eles estão: o Banco Central Europeu (BCE) e o Banco da Inglaterra que farão anúncios na quinta-feira e o Banco do Japão que se pronunciará na sexta-feira.

O Índice do dólar americano, que o mede em relação a outras seis moedas, subiu para 96,464. No entanto, logo após seu aumento, o Índice declinou 0,04% para 96,404. O Fed dos EUA pretende informar o encerramento de seu estímulo à compra de títulos. Dessa forma, isso provavelmente fará com que ocorra aumentos antecipados das taxas de juros no próximo ano.

Atualmente, os mercados monetários estão estimando um aumento das taxas em junho e em novembro.

Porém, mesmo que o Fed corresponda às altas expectativas, ele estará bem à frente do BCE. Isso acontece porque ele irá procurar formas para manter tais expectativas depois que seu Programa de Compra de Emergência Pandêmica expirar em março.

Embora o recente aumento do Índice do dólar tenha estagnado, é possível que suas quedas consigam atingir o nível de meados de 95. O euro caiu 0,07%, para $1,1278, após atingir, durante a noite, sua baixa de uma semana de $1,12605.

Moedas

A libra esterlina declinou 0,08% para US$1,32035. Dessa forma, retornou à sua baixa de um ano de US$1,31615 que foi atingida na semana passada.

Segundo Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido, a Grã-Bretanha registrou sua primeira morte causada pela Ômicron na segunda-feira. Essa informação veio à tona um dia depois do alerta sobre uma onda de infecções provocadas pela nova variante da Covid-19.

Os pesquisadores britânicos acreditam que duas doses da atual vacina contra a Covid-19 não induzem anticorpos neutralizantes suficientes contra a Ômicron.

Enquanto isso, de acordo com a mídia estatal, a China continental reportou seu primeiro caso de infecção causada pela Ômicron na segunda-feira. 

O dólar americano, moeda porto seguro, sofreu uma pequena oscilação, passando a custar 113,565 ienes. Sendo assim, ficou perto da faixa de negociação do par neste mês. Enquanto isso, no final do pregão, o dólar australiano caiu 0,39%, para $0,71060.

Com relação às criptomoedas, o Bitcoin subiu 0,49% para $46.957,11, superando a baixa de segunda-feira de $45.750. Vale lembrar que esse nível não é visto desde o dia 4 de dezembro, quando a moeda ficou abaixo de $42.000 pela primeira vez desde setembro.

 

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.



você pode gostar também

Leave a Reply

User Review
  • Support
    Sending
  • Platform
    Sending
  • Spread
    Sending
  • Trading Instrument
    Sending