Nixse
0

Dicas de filmes sobre o mercado de ações 

O mercado de ações fascina muitos cineastas e proporciona um rico cenário para histórias de ambição. Dos dramas às comédias satíricas, os filmes sobre esse mercado oferecem um vislumbre do mundo financeiro de alto risco. 

Confira abaixo a lista com os melhores filmes sobre o mercado financeiro!

  • Wall Street (1987)

Precisamos mencionar o filme “Wall Street” quando se trata dos melhores filmes do mercado de ações para entusiastas do trading.  

O filme de Oliver Stone captura a essência da cultura corporativa dos anos 1980 e a natureza de Wall Street. Michael Douglas, um ator lendário, apresenta uma atuação única como Gordon Gekko, um implacável invasor corporativo cujo mantra “A ganância é boa” tornou-se emblemático dos excessos da época. 

O filme destaca o fascínio da riqueza e do poder. No entanto, também serve como um alerta sobre as armadilhas éticas do sucesso financeiro. 

  • O Lobo de Wall Street (2013)

O filme de Martin Scorsese “O Lobo de Wall Street” é uma obra-prima cinematográfica e merece estar na lista dos melhores filmes do mercado de ações .

Baseado na história real de Jordan Belfort, o filme é um passeio selvagem pelos altos e baixos da carreira de um corretor da bolsa. O Lobo de Wall Street é ao mesmo tempo uma comédia de humor negro e um conto de advertência sobre os perigos da ambição desenfreada. 

Sem dúvidas, é um ótimo filme que captura perfeitamente o lado sombrio de Wall Street. 

  • Trading Places (Locais de Comércio) (1983)

Outro filme que se destaca neste cenário é o Trading Places, de John Landis. As cenas culminantes do filme na bolsa de commodities são hilárias e esclarecedoras, mostrando o caos e os altos riscos do comércio. Este filme continua sendo um clássico querido por seu humor afiado e comentários sociais incisivos.

  • Boiler Room (Sala da Caldeira) (2000)

O filme “Boiler Room”, do diretor Ben Younger, oferece um retrato corajoso do mundo de alta pressão de uma corretora envolvida em práticas antiéticas. 

O filme se inspira em escândalos financeiros da vida real. Também precisamos mencionar que fornece uma história de advertência sobre as tentações e compromissos morais enfrentados por aqueles que procuram ganhos financeiros rápidos. Com performances fortes e uma narrativa envolvente, o filme continua a ser uma explicação convincente da ganância e da ambição.

  • Equity (Patrimônio Líquido) (2016)

E o filme “Equity” de Meera Menon?

Esse filme se destaca pelo foco nas mulheres do setor financeiro, perspectiva muitas vezes esquecida em muitos filmes sobre Wall Street. Além disso, explora a dinâmica de gênero e a política corporativa, bem como os dilemas éticos, oferecendo uma visão diferenciada das complexidades enfrentadas pelas mulheres no mundo das finanças. 

O filme é notável por seu retrato realista do mundo financeiro e sua ênfase na narrativa baseada em personagens.

  • Rogue Trader (Comerciante Desonesto) (1999)

Você viu o filme “Rogue Trader” de James Dearden? 

O filme é baseado na história real de Nick Leeson, um ex-corretor de derivativos. Suas negociações não autorizadas levaram ao colapso do Barings Bank em 1995. 

Ewan McGregor, estrelado como Leeson, retrata sua ascensão e queda no mundo financeiro. O filme investiga as pressões e tentações que levam os indivíduos a assumir riscos enormes, levando, em última análise, a consequências catastróficas. “Rogue Trader” oferece uma visão séria do potencial de desastre quando a ambição desenfreada e os mercados financeiros colidem.

  • Too Big to Fail (Grande demais para falhar) (2011)

Curiosamente, o cineasta Curtis Hanson se baseia no livro de Andrew Ross Sorkin, “Too Big to Fail”, e oferece um relato detalhado da crise financeira de 2008 e dos esforços de funcionários do governo e banqueiros para evitar um colapso econômico total. 

O filme oferece uma visão privilegiada da crise, destacando as complexidades e os dilemas morais enfrentados por quem está no poder. 

Por último, mas não menos importante, o retrato realista dos acontecimentos do filme e o seu foco no elemento humano da crise tornam-no um relógio convincente e informativo.

  • Barbarians at the Gate (Bárbaros no Portão) (1993)

É um filme que investiga a aquisição alavancada (LBO) da RJR Nabisco. 

Baseado no livro de 1989 de Bryan Burrough e John Helyar, o filme oferece um relato dramatizado dessa aquisição corporativa de alto risco.

James Garner estrela como F. ​​Ross Johnson, o desajeitado CEO da RJR Nabisco, cuja ambição e falta de perspicácia financeira levaram a um dos maiores LBOs da história. O filme retrata Johnson como uma figura mais interessada em luxo e status pessoal do que em práticas comerciais sólidas. 

Jonathan Pryce interpreta Henry Kravis, o cofundador da Kohlberg Kravis Roberts & Co. (KKR), que finalmente vence a guerra de licitações pela Nabisco.

  • Glengarry, Glen Ross (1992)

Uma aclamada adaptação da peça de David Mamet, “Glengarry Glen Ross” oferece uma visão incisiva do mundo de um vendedor de imóveis cuja ética foi corroída por anos de trabalho para uma empresa implacável. 

Este filme investiga a natureza cruel das vendas, onde a ganância e as táticas dissimuladas reinam supremas.

A história gira em torno de uma equipe de vendedores oprimidos que são constantemente pressionados para cumprir metas de vendas inatingíveis estabelecidas por seus superiores inescrupulosos. O filme mostra o estresse implacável e os compromissos morais que esses vendedores enfrentam, destacando o lado sombrio das vendas de produtos financeiros.

Sem exagero, “Glengarry Glen Ross” é uma exploração poderosa do custo humano do capitalismo implacável e dos dilemas éticos enfrentados por aqueles que ocupam posições de vendas de alta pressão.

Este filme ajuda a compreender os melhores e os piores aspectos de trabalhar sob um estresse tão imenso, oferecendo um comentário comovente sobre até onde as pessoas irão para ter sucesso no mundo financeiro.

  • The Pursuit of Happyness (A busca da felicidade) (2006)

Embora não se concentre apenas no mercado de ações, “The Pursuit of Happyness” oferece uma história inspiradora tendo como pano de fundo o setor financeiro. Dirigido por Gabriele Muccino e estrelado por Will Smith, o filme é baseado na história real de Chris Gardner, um vendedor sem-teto que luta contra todas as probabilidades para garantir um futuro melhor para ele e seu filho. 

A jornada do personagem principal inclui um estágio não remunerado em uma corretora de prestígio, onde aprende os fundamentos da negociação de ações. O filme destaca temas de perseverança, determinação e o poder transformador do trabalho árduo, tornando-o uma história comovente e motivacional no contexto das finanças. 

  • Inside Job (Trabalho Interno) (2010)

Dirigido por Charles Ferguson, “Inside Job” é um documentário que analisa de forma abrangente a crise financeira de 2008. Narrado por Matt Damon, o filme investiga a corrupção sistêmica e as falhas regulatórias que levaram ao colapso econômico global. 

Por meio de entrevistas, o filme expõe as práticas antiéticas e os conflitos de interesse que permearam o setor financeiro. É importante ressaltar que a pesquisa meticulosa e a apresentação clara do filme fazem dele um relógio essencial para qualquer pessoa interessada em compreender as causas e consequências da crise.

  • Enron: The Smartest Guys in the Room (Enron: os caras mais inteligentes da sala) (2005)

Outro documentário convincente, “Enron: The Smartest Guys in the Room”, dirigido por Alex Gibney, investiga o infame escândalo da Enron. O filme é baseado no livro de Bethany McLean e Peter Elkind, que narra a ascensão e queda da Enron Corporation. 

Através de entrevistas e de imagens de arquivo, o filme revela como os executivos da Enron se envolveram em práticas contabilísticas fraudulentas e manipulação de mercado, o que acabou por conduzir a uma das maiores falências da história dos EUA. 

O filme serve como um conto de advertência sobre a ganância corporativa e o impacto devastador dos lapsos éticos no mundo dos negócios.

  • Arbitrage (Arbitragem) (2012)

“Arbitrage”, dirigido por Nicholas Jarecki e estrelado por Richard Gere, é um thriller que explora as complexidades morais que um gestor de fundos de hedge enfrenta. Gere interpreta Robert Miller, um financista rico e bem-sucedido desesperado para vender seu império comercial antes que suas atividades fraudulentas sejam expostas.

Enquanto ele enfrenta uma série de crises pessoais e profissionais, as ações de Miller destacam a linha tênue entre o sucesso e o fracasso no mundo financeiro de alto risco. 

A tensão do filme e o desempenho convincente de Gere fazem de “Arbitragem” uma exploração cativante do lado mais sombrio da indústria financeira.

Gostou? Agora é só escolher e assistir!

Este artigo discute alguns dos melhores filmes do mercado de ações para entusiastas do trading. Filmes sobre o mercado de ações oferecem uma visão fascinante das finanças, explorando temas de ambição, ganância e dilemas éticos. Seja através de dramas reais, comédias satíricas ou thrillers intensos, estes filmes oferecem informações valiosas sobre as complexidades de Wall Street e dos mercados globais. 



você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.