0 19

China atua cautelosamente e adia as tarifas até dezembro  

As tensões da Guerra comercial com os EUA aumentam e a China está lentamente implementando tarifas retaliatórias.

Como resultado, o governo chinês avançou com os aumentos da tarifas de entre 5% e 10% em uma variedade dos principais produtos americanos exportados para a China. Garantiu, no domingo, a proporção de tarifas que tiveram início, totaliza apenas cerca de um terço das 5.000 linhas de produtos listados nos mais recente anúncio.

Assim, as análises de 27 de Agosto apontaram que as exportações dos EUA em 1 de setembro caiu em 15,2% no Segundo trimestre do ano passado, frente à queda de 20,4% do grupo de 15 de dezembro.

Ne verdade, os mais recentes aumentos tarifários do presidente Donald Trump tiveram início no domingo. Os aumentos fazem parte do anúncio de 23 de Agosto do Ministro das Finanças para tarifas retaliatórias no valor de US$ 75 bilhões em produtos dos EUA.

Além disso, após outra rodada de implementações em dezembro, todos os US$ 550 bilhões em exportações chinesas para os EUA estão sujeitas às tarifas.

É válido abrir um canal para negociações?

Consequentemente, , Pequim lutou para impulsionar o PIB da China, durante a pressão aumentada com as tarifas. Entretanto, o declínio não é drástico, a economia já está enfrentando uma desaceleração de crescimento. A China está tentando mudar a dependência nas exportações e manufatura para o crescimento econômico para o consume. Além disso, a China assegurou que as tarifas dos EUA não pode trava os desenvolvimento da China. Os analistas relatam que as companhias chinesas estão procurando por novas maneiras para se adaptarem às tarifas e sobreviverm a longo prazo.

Além disso, o lado chinês pediu o cancelamento de todas as tarifas adicionais como parte de um acordo comercial com a China.

Assim, ambos os lados estão trabalhando seriamente nas negociações destes tópicos. Aqui está uma lista dos produtos dos EUA que a China elevou as tarifas no domingo passado. Sujeito à um aumento de tarifa de 10% :

  • Sementes de Macadâmia
  • Amendoin
  • Nozes
  • Pistache
  • Manteiga de amendoim
  • Aveia
  • Bananas
  • Abacates
  • Laranjas
  • Limões
  • Uva passa
  • Lagosta e camarão congelados e pé de galinha congelada
  • Vodka
  • Pasta de dente

Aqui está a lista sujeita ao aumento de tarifa de 5%:

  • Soja amarelo
  • Cápsulas de café e grãos de café
  • Macarrão de cuzcuz
  • Suco de Cranberry
  • Abacaxi e pera enlatados
  • Yogurt
  • Petróleo Cru
  • Hidrogênio, Oxigênio e Nitrogênio
  • Porcos
  • Cerveja sem alcóol
  • Orquídeas vivas
  • Pneus de borrachas pneumáticos

As empresas e indústrias chinesas não são as únicas vítimas da guerra comercial.

No entanto, as exportações dos EUA para a China contribuem para mais de 1,1 milhão de empregos americanos. As tarifas retaliatórias da China nos EUA do ano passado também atingiram as empresas americanas. Ambos os gigantes econômicos estão perdendo participação de mercado de concorrentes no mercado externo. A desconfiança também aumenta entre os clientes chineses. Eles estão preocupados com os elos da cadeia de suprimentos que dependem das empresas americanas, que cada vez mais vêem como parceiros comerciais não confiáveis.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage noGoogle News.

Deixe sua opinião

Sending

Inscreva-se e receba nosso boletim de notícias

Receba as melhores notícias da Finance Brokerage diretamente no seu e-mail. Inscreva-se agora para receber as últimas notícias do mercado.