0

Commodities: As notícias da indústria do petréleo na segunda-feira

O setor de petróleo é crucial para os membros da OPEP como também para outros países Produtores de petróleo. É de seu maior interesse manter os preços do petróleo uma vez que eles poderão perder parte significante de seus lucros. Não significa que os países produtores de petróleo têm a mesma estratégia quando lidam com a indústria de petróleo.

As commodities como o petróleo são importantes para a estabilidade da economia mundial. Neste momento, está em um situação complicada. Por um lado, o Produtores querem maximizar seus lucros e por outro lado a economia global está desacelerando. Outra questão que pressiona o setor de petróleo é Guerra comercial em curso entre os EUA e a China. Os representantes da China e dos EUA terão uma reunião em outubro. Entretanto, suas relações atuais torna difícil prever o resultado desta reunião em outubro.

Os preços do petróleo aumentaram na segunda-feira. O preço dos contratos futuros do petróleo Brent aumentaram em 46 centavos para US$ 62,00 um barril. O preço do petróleo West Texas Intermediate (WTI) aumentou 48 centavos para US$ 57,00.

A OPEP e os preços do petróleo

A OPEP e seus aliados estão tentando manter os preços do petróleo ao reduzir a produção diária. Eles aplicam este método para estabilizar o Mercado de petróleo. Entretanto, há vários fatores que podem minar seus efeitos. Uma das mais sérias ameaças para seu plano é os EUA e seu setor de petróleo.

No domingo, o príncipe Abdulaziz bin Salman tornou-se o novo ministro de energia da Arábia Saudita. Ele é o filho do rei da Arábia Saudita, o príncipe Abdulaziz substituiu Khalid al-Falih e o príncipe Abdulaziz não é estranho para os locais como também para a comunidade internacional. Ele não é apenas o membro da família reall mas ele era uma membro da delegação saudita da OPEP.

O príncipe Abdulaziz mencionou que ele não tinha intenção de mudar os acordos fechados pelo seu antecessor. Ele disse que o acordo em relação ao cortes de petróleo continuariam em vigor. De acordo com o acordo atual, os signatários concordaram em reduzir a produção de petróleo em 1,2 milhões de barris por dia. O discurso do príncipe Abdulaziz mais uma vez destacou que é improvável que a política da OPEP vá mudar pelos próximos meses. Entretanto, a situação não é tão simples como pode parecer para as pessoas que estão familiarizadas com esta organização.

Em Agosto, a produção de petróleo da Rússia superou as cotas acordadas pela OPEP+. Os dois estados membros da OPEP Nigéria e Iraque aumentaram também sua produção.

A produção de petróleo dos EUA

Como mencionado acima a OPEP está enfrentando uma finalização severa. É válido mencionar que no momento, os EUA é o maior produtor de petróleo do mundo. O Segundo lugar pertence a Arábia Saudita . O tempo em que a OPEP sozinha ditava as regras passou. Isto significa que ele devem levar em consideração que as leis não são as mesmas usadas há várias décadas atrás.

O vice-secretário de energia dos EUA, Dan Brouillette, deu uma declaração que poderá ter um forte impacto nos preços do petróleo. Ele disse que os EUA produziriam o máximo de energia que eles pudessem para fortalecer sua posição no Mercado. O vice-Secretário afirmou também que não importa como esta decisão afetará o preço do petróleo.

Os preços do petróleo estão aumentando. A OPEP+. se reunirão em Abu Dhabi. O comitê de monitoramento ministerial conjunto se reunirá na quinta-feira.

  • Support
  • Platform
  • Spread
  • Trading Instrument
Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociação e forex na Finance Brokerage. Confira nossas instruções de negociação abrangentes e a lista das melhores das melhores corretoras de forex. Se você estiver interessado em acompanhar as últimas notícias sobre o Mercado Financeiro, por favor, siga Finance Brokerage no Google News.

você pode gostar também

Leave a Reply

Sending

Financebrokerage