alexa certify
0 31

Apple exclui apps de controle parental da App Store

APPLE – A Apple removeu vários aplicativos de controle parental da App Store, alegando preocupações com segurança e privacidade e publicou uma rara resposta pública após ser acusada de manipular a concorrência com suas ferramentas.

Segundo o relatório, a Apple removeu 11 dos 17 aplicativos populares que permitem aos usuários restringir recursos do dispositivo ou limitar o tempo que as crianças passam usando os dispositivos.  O relatório disse ainda que a Apple começou a tomar medidas severas contra esse software após o lançamento de seu recurso Screen Time, que permite que as pessoas configurem limitações nas funções do iPhone e do iPad.

Por causa da repressão da empresa, os fabricantes de aplicativos com milhares de clientes informaram o desligamento, enquanto a maioria afirmou que seu futuro estava em risco.

“Eles nos excluíram do nada sem aviso”, disse Amir Moussavian, chefe da OurPact, um dos principais aplicativos de controle parental para iPhone. “Eles estão sistematicamente acabando com o setor.”

Moussavian disse que seu aplicativo representava 80% da receita da OurPact.

Executivos dos fabricantes de app acreditam que a Apple os tinha na mira porque os aplicativos desenvolvidos por eles poderiam prejudicar os negócios da Apple, acrescentando que os aplicativos da Apple não eram tão agressivos e não ofereciam tantas ferramentas.

“Os incentivos deles não estão alinhados para ajudar as pessoas a resolver seus problemas”, disse Fred Stutzman, executivo-chefe da Freedom, que é um aplicativo de screen-time. “Você realmente acredita que a Apple quer gastar menos tempo em seus telefones? ”

Apple divulga Declaração PúblicaApple, Apple exclui apps de controle parental da App Store

Enquanto isso, a Apple disse que os aplicativos viraram alvo porque eles “colocavam a privacidade e segurança dos usuários em risco.”

Em um comunicado oficial publicado, a Apple explicou que os aplicativos retirados da loja de aplicativos usavam uma tecnologia chamada Gerenciamento de Dispositivos Móveis, ou MDM. A tecnologia foi criada para empresas que gerenciam grupos de dispositivos para funcionários.

“O MDM fornece controle e acesso de terceiros sobre um dispositivo e suas informações mais confidenciais, incluindo localização do usuário, uso do app, contas de e-mail, permissões de câmera e histórico de navegação”, disse a Apple, acrescentando que se tratava de “uma violação clara das políticas da App Store.”

Além disso, a empresa explicou que deu aos desenvolvedores 30 dias para modificar seus aplicativos. Aqueles que não fizeram os ajustes adequados foram removidos da App Store. A empresa então enfatizou que “isso não é uma questão de competição. É uma questão de segurança.”

“Os pais não deveriam ter que trocar sua preocupação com o uso de dispositivos dos seus filhos por riscos à privacidade e à segurança, e a App Store não deve ser uma plataforma que force essa escolha. Ninguém, exceto você, deve ter acesso irrestrito para gerenciar o dispositivo do seu filho”, acrescentou a empresa.

 

Sending
User Review
0 (0 votes)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociações e Forex no Finance Brokerage. Confira a nossa extensa seção de educação em negociações e lista das melhores corretoras de Forex aqui. Inscreva-se agora e receba atualizações GRATUITAS sobre o mercado hoje!

Deixe sua opinião

Inscreva-se e receba nosso boletim de notícias

Receba as melhores notícias da Finance Brokerage diretamente no seu e-mail. Inscreva-se agora para receber as últimas notícias do mercado.