Nixse
0

Ações da Netflix sobem 2% em meio a projeções positivas 

Resumo:

  • Otimismo dos analistas: Benjamin Swinburne, do Morgan Stanley, prevê uma alta de 30% para a Netflix, visando um preço de US$ 850.
  • Crescimento de assinantes: A Netflix pretende obter mais de 30 milhões de adições líquidas de assinantes este ano, impulsionadas por medidas de publicidade e anti-compartilhamento de senhas.
  • Expansão da publicidade: A camada suportada por anúncios atingiu 40 milhões de usuários globais, um aumento significativo em relação aos 15 milhões de novembro.

As ações da Netflix (NFLX) subiram 2%, alimentadas por uma onda de previsões otimistas de analistas destacando a promissora trajetória de crescimento da gigante do streaming. Notável entre eles foi Benjamin Swinburne, do Morgan Stanley, que forneceu uma análise detalhada destacando o potencial da Netflix, sugerindo uma vantagem significativa para as ações.

Perspectiva otimista do Morgan Stanley

Benjamin Swinburne expressou uma perspectiva positiva para a Netflix, prevendo uma alta de 30% em relação aos seus níveis comerciais atuais. Em sua recente nota ao cliente, Swinburne enfatizou o duplo papel da Netflix como impulsionador e beneficiário da disrupção da indústria. Ele manteve uma classificação de “desempenho superior” para as ações, com um preço-alvo de alta de US$ 850, dependendo da Netflix atingir mais de 30 milhões de adições líquidas de assinantes este ano. Esta projeção está alinhada com as estratégias ambiciosas da Netflix, incluindo a expansão do seu nível de publicidade e medidas rigorosas para reduzir a partilha de senhas entre os usuários.

A análise de Swinburne prevê um crescimento contínuo das receitas de dois dígitos no próximo ano, impulsionado por estas iniciativas citadas. Ele destacou que alcançar o crescimento das receitas dos adolescentes em 2025 exigiria uma expansão substancial do negócio de publicidade da Netflix. No entanto, ele expressou confiança na capacidade da empresa de atingir essa meta, observando: “Acreditamos que ela está preparando as peças para aproveitar esta oportunidade”.

Expandindo a publicidade e live content

A Netflix demonstrou um progresso significativo em seu negócio de publicidade, reportando 40 milhões de usuários ativos mensais para sua camada suportada por anúncios. Este número representa um aumento substancial em relação aos 15 milhões de usuários relatados em novembro e um aumento surpreendente de 35 milhões de usuários ano após ano. Este impulso é ainda reforçado pela incursão da Netflix em eventos e desportos ao vivo, melhorando a sua oferta de conteúdos e o envolvimento do público.

Um destaque notável é a aquisição pela Netflix dos direitos de streaming de dois jogos da NFL que vão ao ar no dia de Natal como parte de um acordo de três temporadas. Além disso, a empresa garantiu um contrato de 10 anos com a WWE da TKO Group Holdings, trazendo o principal programa da WWE, “Raw”, para a plataforma de streaming a partir de 2025. Os próximos eventos ao vivo, como um evento de luta livre entre Jake Paul e Mike Tyson, também esperam atrair uma audiência significativa e impulsionar o crescimento das assinaturas.

Resposta positiva do mercado e aprovação de analistas

A resposta do mercado aos movimentos estratégicos da Netflix tem sido extremamente positiva, com as ações a subirem aproximadamente 35% desde o início do ano. Swinburne atribuiu esta valorização principalmente à forte execução operacional da Netflix, e não às tendências mais amplas da indústria. Somando-se a esse ponto de vista, o analista da Evercore ISI, Mark Mahaney, reafirmou sua recomendação de “compra” para as ações da Netflix e aumentou seu preço-alvo de US$ 650 para US$ 700. Os resultados positivos da pesquisa e a possibilidade de maior crescimento através de ofertas de conteúdo novo e ao vivo apoiam o seu otimismo.

A Evercore ISI conduziu uma pesquisa com 1.300 usuários da Netflix nos EUA e descobriu que menos pessoas planejam cancelar suas assinaturas. Agora, apenas 35% dos usuários dizem que são “extremamente propensos” ou “muito propensos” a cancelar nos próximos três meses. Esta é uma redução de 3% em relação ao último trimestre. Além disso, a penetração de mercado da Netflix permanece robusta em 57%, ultrapassando a da Amazon.



você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.