alexa certify
0 31

A Apple e Seu Processo de Avaliação de Aplicativos

A Apple é uma das maiores empresas multinacionais de tecnologia do mundo, vendendo produtos eletrônicos, softwares e serviços online. Além desses serviços, a empresa também analisa e aprova aplicativos e outros softwares do iPhone para seus produtos.

A diretoria de análise executiva, ou ERB, criou a App Review, que define uma política para o departamento de Relações com Desenvolvedores Mundiais da Apple. Além disso, a ERB também é quem toma a decisão final sobre um aplicativo, se ele permanece na loja ou é banido.

A importância do processo de avaliação de aplicativos da gigante da tecnologia foi desenvolvida. Foi devido à Apple apontar seus serviços na App Store como uma fonte de receita, e à segurança do iPhone como seu principal recurso de venda.

Além disso, a plataforma da Apple está atraindo escrutínios, à medida que políticos e reguladores começam a desconfiar mais das habilidades das grandes empresas de tecnologia. E a Apple pode ir contra outros aplicativos com sua plataforma. Por exemplo, o serviço de streaming de música rival da Apple Music, o Spotify, apresentou uma queixa de concorrência na UE. E, durante anos, os desenvolvedores da Apple ficaram irritados com as rejeições arbitrárias e o feedback medíocre da App Review.

O vice-presidente sênior de marketing da Apple, Phil Schiller, lidera um conselho executivo que se reúne toda semana. E eles abordam aplicativos controversos ou outros programas de software do iPhone que possam violar as diretrizes da App Store da Apple.

No ano passado, por exemplo, a ERB e Schiller decidiram banir o aplicativo Infowars da App Store. Ele violou as políticas de conteúdo após publicar ameaças a um repórter.

A Equipe de Avaliação de Aplicativos

Antes de se tornarem disponíveis para download nas plataformas da Apple, os funcionários da gigante de tecnologia examinam manualmente cada aplicativo do iPhone. Além disso, a empresa abriu recentemente seus novos escritórios de App Review em Cork, na Irlanda, e em Xangai, na China. Além disso, o departamento ganhou um número significativo de funcionários nos anos anteriores.

E também, a Apple criou um novo site no mês passado. Ele descreve os princípios que regem a App Store e também as razões de preocupação mais comuns para a rejeição, para mostrar um nível elevado de transparência em relação aos anos anteriores.

Então, a Apple declarou na página: “Estamos orgulhosos da loja que construímos e da maneira como a construímos”.

No entanto, a gigante de tecnologia se recusou a comentar sobre seu processo de análise de aplicativos.

O Processo de Análise de Aplicativos

Todos os aplicativos de atualização executados em um iPhone precisam de um selo de aprovação de uma pessoa para estar na App Store da Apple. E mesmo que a empresa use filtros automatizados, ela depende principalmente do trabalho manual.

Os analistas de aplicativos da empresa trabalham para a Apple, ao contrário dos moderadores de conteúdo de empresas do Vale do Silício, como o Facebook ou o YouTube, que dependem de dezenas de milhares de terceirizados.

Além disso, a Apple paga por hora os avaliadores de aplicativos, que têm crachás de funcionários, e recebem benefícios da Apple, como assistência médica. Todos os funcionários começam analisando os aplicativos do iPhone. Depois, à medida que se tornam mais seniores, eles treinam para avaliar aplicativos com compras no aplicativo, inscrições, o Apple Watch e a Apple TV.

A base do departamento não fica no famoso campus Apple Park ou em sua antiga sede, mas seus escritórios ficam em Sunnyvale, na Califórnia, com mais de 300 avaliadores.

Comments Rating 0 (0 reviews)

Receba as últimas notícias sobre economia, negociações e Forex no Finance Brokerage. Confira a nossa extensa seção de educação em negociações e lista das melhores corretoras de Forex aqui. Inscreva-se agora e receba atualizações GRATUITAS sobre o mercado hoje!

Deixe sua opinião

Sending

Inscreva-se e receba nosso boletim de notícias

Receba as melhores notícias da Finance Brokerage diretamente no seu e-mail. Inscreva-se agora para receber as últimas notícias do mercado.